Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

PROFISSÕES AMARGAS E DOCES

Terça feira, 12 de Fevereiro de 2013
PROFISSÕES AMARGAS E DOCES

Quando eu era criança, pensava que em sendo padre, teria garantido um lugar pertinho de Deus; ou que sendo médico, jamais morreria de doença. O tempo passou e eu cresci. Aprendi duramente que padres são meros loucos que fogem de sinas familiares malignas; e médicos são sonhadores que se rezingam entre a sandice da doença mental e o cotidiano de enganar pessoas em busca de curas muitas vezes impossíveis!

A vida passou a tomar outra forma para mim; e a busca da profissão virou uma batalha entre a sobrevivência e o desejo de vida confortável! Passei a analisar pessoas que estavam em minha volta e descobri que o sonho de todo brasileiro é ser jogador de futebol famoso, pra ficar rico; ou artista de novela, pra poder beijar na boca a vontade e ir pra festa sem pagar nada e receber uns trocados ao final.

No campo do poder, muitos querem ser Juiz de direito pra poder dar carteirada; e Ministro do Supremo pra ficar impune pro resto da vida. Alguns querem ser políticos, porque são masoquistas e adoram ouvir as pessoas o chamando de “Filho da Puta”; outros desejam ser promotores de justiça, porque veneram amigos falsos; e a recíproca que é verdadeira. Muitos também desejam a carreira policial, porque querem ganhar dinheiro fácil, exceto em Minas Gerais, porque se forem honestos, morrem pobres e esquecidos. Já ser advogado, no passado era fácil e era chamado de “doutor”; hoje é difícil, tem milhões de neófitos com carteirinhas da OAB, e em geral, são chamados de inúteis!

Os únicos advogados que não são inúteis, para a maioria dos brasileiros, são os ricos e famosos. Quem der sorte de ter um parente ou amigo famoso no meio, com certeza poderá ser desembargador ou Ministro do Supremo, sem nem mesmo ser juiz; e isso é coisa muito comum no Brasil nos últimos 10 anos!

Para ser polícia com ênfase em sonho de família, somente se for Federal; este sim ganha razoável e não se expõe como o Civil ou Militar. O trabalho pesado e sujo e feito pelos militares e civis; mas a honra, glória e grana, com a Federal. Um monte de crianças dizem: - eu quero ser Polícia Federal! Mesmo as crianças que têm familiares de outras polícias, dizem que querem ser federais, porque ganha bem e é bonito dizer: - eu sou federal! O sujeito da PF é apontado como POLÍCIA FEDERAL; - Meu filho é da Polícia Federal! Diz o pai com todo orgulho! Os da Polícia Rodoviária Federal são “os guardas”; e os das outras polícias, quando são apontados, em geral é: “ele é políça”!

O mais engraçado é que todo mundo quer ser amigo de policial federal; e quem quer ser amigo de policial civil ou militar, em geral é ladrão, assassino ou traficante de droga; porque não quer ser preso; e se o for, ter um amigo pra lhe levar cigarros!

Os preguiçosos querem ser apenas funcionários públicos; e não importam em qual repartição eles trabalhem, porque em geral, funcionário público não trabalha e recebe facilmente todo final de mês!

Os vaidosos querem ser modelos fotográficos. Eu firmo que todo modelo fotográfico brasileiro tem estímulo para ser analfabeto e abandonar o Brasil. Saem cedo do país, sem ao menos saber ler e escrever, para morarem nos Estados Unidos, porque somente lá se paga uma fortuna...

Já ouvi de algumas crianças que eles queriam ser traficantes de drogas, mas nunca vi ninguém querendo ser gari; e jamais ouvi de nenhuma pessoa, que quando crescesse seria padeiro, jardineiro, pedreiro, coveiro ou faxineiro. Muito embora algumas destas profissões, hoje, sejam mais valorizadas do que advogados, arquitetos e até médicos!

Das décadas de 50 e 60 a melhor profissão era Comandante de Aeronave para os homens e Aeromoça para as mulheres. Voar era um sonho e a grana que esta gente ganhava era uma fortuna para 99% dos mortais. Avião só se via em revista, televisão ou quem morava em cidade grande e perto de aeroporto. Era um mistério ser do time de uma companhia aérea. Estas pessoas até davam entrevistas em rádios e revistas da época para falarem de seus ofícios
Na década de 70 e 80, ser jornalista era glamoroso e até se ganhava uns trocados. Hoje, os jornalistas que ganham dinheiro são os que apresentam telejornais, porque são uma mistura de artista de novela, padre, juiz de direito, promotor de justiça e médico; o restante, ganham apenas para poderem pagar a prestação do Uno usado e comer cachorro quente a noite. Alguns sequer conseguem escrever algo plausível e discutível!

 Com o Brasil crescendo, quem não sonha com profissões de glamour, quer ser engenheiro. Pode ser até engenheiro de “Merda Nenhuma”, pois a indústria do aço acaba absorvendo e pagando relativamente bem. Algumas empresas querem que você apenas esteja matriculado no curso de engenharia, para ainda no primeiro semestre ser chamado de “treinneer”. Já tá empregado e depois disso, é com o aluno!

Escritor só se conhece publicamente se for do naipe de Paulo Coelho. Sim, porque, outros grandes escritores da atualidade, num pais meramente analfabeto, são completamente desconhecidos. Pergunte a seu filho de 20 anos, que possivelmente já está na “facul”, se ele conhece Nélida Piñon, Ariano Suassuna, Afonso Arinos, Carlos Heitor Cony, João Ubaldo Ribeiro ou Marco Maciel? 99% dirão: eu já ouvi “alguns” destes nomes, mas não faço ideia de quem são! Isso por que eu citei apenas alguns dos mais conhecidos imortais vivos da Academia Brasileira de Letras. Cora Coralina, ih! Isso é xingamento ou piada no ouvido da juventude!

Uma profissão que também anda em alta é de Condutor de Explosíveis, o famoso ladrão de caixa eletrônico. O sujeito pega uma banana de dinamite, coloca num caixa eletrônico e bum! Leva uns 15 mil Reais e já arquiteta a próxima investida. A carreira de Corrupto Eleito também está em ascensão. Faça um pequeno relacionamento ou uma palhaçada, candidate-se a uma cargo, faça amizade com um prefeito, governador ou presidente ladrão e se dê bem pro resto da vida; e nem precisa ser amigo de um juiz, desembargador ou ministro, pois seus amigos que levaram uma parte de seu produto ilícito fará isso por você.

O traficante de drogas tá em baixa atualmente. A coisa ficou feia pra esta gente, porque o Brasil será sede da Copa e das Olimpíadas; e este ofício precisa ser abafado até 2016. Antes das câmeras escondidas polícia, Estados e União recebiam fortunas do tráfico, mas agora não dá mais. Tem juiz sendo preso, coronel no xilindró, deputado correndo risco e prefeito se cagando de medo. Depois de 2016 tudo voltará ao normal...

Até ontem ser pagodeiro também dava uma grana doida, mas tudo muda e quem tocava pandeiro ou cavaquinho, agora ou prega com a bíblia numa igreja universal ou ingressa no submundo oficial do crime; caso em contrário, morre de fome, porque a “rapaziada” quer é funk, morou?

Ah! Tem uma profissão artística que ainda dá certo. Ganha-se uma grana boa e ainda pega tudo quanto é menina: cantor sertanejo. PQP como isso dá certo no Brasil. Pelas minhas contas, aqui deve ter mais de 5 mil duplas sertanejas; e mesmo as que não são famosas na Globo fazem sucesso em suas comunidades.

Pra finalizar eu não posso deixar de citar que o Brasil é a maior nação de empresários do mundo. O sujeito sai do Nordeste ou do Norte, passa 3 dias dentro de um ônibus cavernoso; vai pro Paraguai comprar muamba e quando é indagado sobre sua profissão, o mais educado diz: - Eu sou empreendedor! O menos fino fala: Eu sou empresário! E o artista diz: - Trabalho com Comércio Exterior!

Em cada esquina tem 100 mil empresários ou empreendedores. Se vende picolé na praia; é empreendedor. Quem dirige o taxi alugado, também é empreendedor. O que faz o picolé em casa ou é dono do taxi, este é EMPRESÁRIO; e o governo quer que todos tenham CNPJ para poderem conseguir a maquininha do CIELO ou Mastercard; e o melhor: pagar imposto! No barato os 8% do INSS tem que recolher, senão o Leão dá urros pra assustar e você não vai conseguir comprar o Celta básico em 72 prestações sem entrada, viu?

Ser alguém no Brasil é complicado! Depois que eu cresci a profissão que mais me deixou atônito é Diretor de Banco ou Senador da República. A primeira é meramente emblemática e com a alta necessidade do brasileiro em se endividar, raramente ele é demitido, ganha uma fortuna e ninguém conhece. Já a segunda, se não se envolver em polêmica, fica 8 anos mamando e também ninguém conhece; mas se ficar conhecido, ganha mais e ainda consegue um cargo no Governo ao final dos 8 anos.

A melhor profissão do Brasil é aquela que consegue reunir prazer e dinheiro. Com as lícitas você consegue prazer, mas não o dinheiro; já com as ilícitas, você consegue o dinheiro e se quiser o prazer, tem que pagar; e muito caro!

 

Carlos Henrique Mascarenhas Pires



Comentários 1

Antonio

Segunda feira, 13 de Maio de 2013, às 12:35
Que belo texto! Não conhecia este site/portal, mas com certeza irei adicionar ao meu feed. Abs



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites