Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

OSAMA BIN LADEN MORREU?

Domingo, 01 de Maio de 2011
OSAMA BIN LADEN MORREU?

Oficialmente quando ele nasceu em 10 de março de 1957 na Arábia Saudita recebeu o nome de Usâmah Bin Muhammad bin Ladin, mas o terrorismo que passou a conhecer através do mundo radical o fez um dos homens mais procurados da história recente da humanidade, principalmente depois que assumiu publicamente a autoria e o planejamento intelectual contra alvos sagrados pelos estadunidenses; um deles foi a “Torre Gêmeas” do World Trade Center de Nova Iorque que vitimou milhares de inocentes.

Quase 10 anos depois de buscas a Osama Bin Laden o Presidente Barack Obama anunciou hoje, dia 1º de Maio de 2011 que o Emir do terrorismo sucumbiu a uma emboscada das patrulhas armadas americanas no Paquistão; morreu com tiros disparados pelo exército dos Estados Unidos da América, o que provavelmente ele próprio já esperava desde que decidiu se revelar como inimigo número um dos EUA!

Bin Laden era filho de imigrantes pobres do Iêmen que passaram a uma vida de muita riqueza, luxos e prestígio na Arábia Saudita; para se ter uma idéia de quem eram os pais de Bin Laden, apenas o Rei saudita estava abaixo do poder que eles chegaram a concentrar na família. Osama Bin Laden era filho único da décima esposa de Muhammed bin Laden. Sua mãe, segundo consta, não suportou as loucuras do pai; divorciou-se e casou novamente logo depois que Osama nasceu.

A vida de Osama Bin Laden sempre foi cercada de muito trabalho político; ainda jovem ele pertenceu a grupos que declaravam guerras santas no Afeganistão; estes grupos angariavam fundos para patrocinar milícias anti-soviéticas na década de 80. Há quem diga que Osama Bin Laden tenha recebido armas e treinamento dos próprios estadunidenses, que a época era inimigos declarados dos soviéticos, durante o período de guerra fria.

A relação entre os grupos liderados por Osama Bin Laden e outros líderes mulçumanos não ficou somente entre a região afegã; eles também fizeram incursões comerciais e políticas no Sudão e foi neste país africano que os investigadores da história afirmam que nasceu o grupo Al Qaeda, que inicialmente se afirmavam apenas em combate a família real saudita.

Quase em ruína e renegado pela família, Osama Bin Laden saiu do Sudão expulso pelo Governo, o mesmo governo que lhe retirou quase toda fortuna; rumou ao Afeganistão onde se aliou a causa islâmica defendida pelo Talibã. Foi no Afeganistão que ele programou; a apoplexia as embaixadas americanas no Quênia e na Tanzânia; afundou um navio cruzador também americano e planejou toda a execução de derrubar aviões comerciais em zonas habitadas também dos EUA.

A história de Osama Bin Laden pouco importou para todos os que o seguiram, muito menos para todos os que o caçaram; muitos queriam o seu poder financeiro, outros queriam lhe calar e hoje enfim, conseguiram. Mataram-no sem que ele fosse interrogado e mesmo que hajam investigações que comprovem o seu grau de periculosidade mundial, creio que os mais inocentes pretendiam ver outra notícia, a de sua prisão.

No meu ponto de vista Osama Bin Laden foi um covarde e completamente imódico de inteligência; primeiro porque tinha poder e escolheu o mal para perder sua fortuna; depois porque como muitos, inclusive daqui do Brasil, partiu para uma vida de exploração dos ainda menos inteligentes do que ele para sobreviver; depois porque persuadia mulas a se matarem em nome de uma causa que nem eles mesmos conhecem. A pusilanimidade flagrante de Osama Bin Laden foi tamanha que ele ora assumia os atentados, ora apenas dizia que vibrou com tudo. Tudo isso, porque enxergava que seu fim estava próximo e seria trágico!

Gandhi já dizia que o medo tem serventia, mas a covardia não! Confúcio também disse que ver o bem e não praticá-lo também faz o homem um covarde! Assim permaneceu Osama Bin Laden em seus 54 anos de vida... Amor aos seus, isso Bin Laden nunca teve, porque o amor é uma virtude apenas dos valentes; Osama Bin Laden semeou a vida inteira o ódio e esta foi a sua vingança o tempo inteiro!

Nos anos em que viveu escondido, sabe-se Deus onde; Bin Laden afirmava que articulava grupos pelo mundo que ameaçavam a paz e a vida de inocentes, mas na verdade, a maioria dos grupos imbecís que promoviam mortes se diziam da Al Qaeda sem ao menos conhecê-la, porque a Al Qaeda de fato foi ridicularizada depois do 11 de setembro com a prisão e morte daqueles que de fato a pertenciam. Até no Brasil um maluco acéfalo que matou crianças em Realengo queria subtender que pertencia à organização de Bin Laden!

Nesta operação de agora a pouco que matou Bin Laden e um de seus filhos no Paquistão, numa mansão de luxo em uma cidade próxima da capital Islamabad, não se teve um fim apenas de um terrorista covarde, mas de uma era onde o atentado de 11 de setembro ajudou a criar um mito; um mito de histórias infantis medonhas onde um homem se dizia o enviado de Deus, o seu Deus, para exterminar um povo inteiro em nome de sua causa.

Esta noite de 1º de maio, Dia Internacional de Lutas, mostrará ao mundo que a Al Qaeda não vai morrer tão cedo, porque haverá milhares de outros acéfalos que permanecerão se rotulando como participantes da quadrilha. Eu não duvido que apareçam mais vídeos e documentos que afirmem a permanência da vida de Osama; ou ainda que surjam outros asseclas apresentando uma procuração do falecido.

O mundo ficou livre de mais um desequilibrado canalha com progênie massacro, mas jamais se verá livre daqueles que por ele foram infectados. A justiça não foi feita, como afirmou Obama, porque justiça seria; de episódio e não em tese; que as famílias daqueles que morreram em 11 de Setembro de 2001 soubessem através de provas de que todo o ocorrido, fora de fato obra de Bin Laden e isso dificilmente se elucidará.

Meu temor pessoal é que este tal rótulo Al Qaeda vire também um mito e que o mundo comece a enxergar muros pintados com a marca; que crianças adotem um padrão similar de enxergar as causas do mundo pela ótica nefasta desta organização que teve como líder um tirano covarde. O que não falta em nosso planeta é gente sem os miolos que se afirmam inteligentes e capazes de mudar a história atual!

Para mim Bin Laden já estava morto há anos e o fato de hoje só veio corroborar com a minha tese, porque estar vivo nas condições que ele permaneceu, para mim é a morte verificada. Eu que não acredito em diabo, acaso ele existisse, a esta hora estaria expulsando Bin Laden do inferno com medo de perder o trono!


Carlos Henrique Mascarenhas Pires



Comentários 2

gastronomia

Sexta feira, 14 de Setembro de 2012, às 10:38
Ele se matou antes de ser capturado ou está em uma ilha deserta, sorrindo com outros agentes da CIA que fazem parte da conspiração.

negha barril

Sábado, 24 de Março de 2012, às 11:07
mentira ele não morreu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites