Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

O POBREMA É O MEU DIPROMA!

Terça feira, 04 de Agosto de 2009
O POBREMA É O MEU DIPROMA!

Todo mundo sabe que um diploma de papel de um curso universitário NÃO TEM VALOR NENHUM; as pessoas estão cansadas de saber que para a comprovação de um título, seja de graduação, pós graduação, doutorado, mestrado ou segundo grau o maior valor aplicado na comprovação de tal circunstância é sua publicação oficial e/ou histórico da instituição com reconhecimento; traduzindo: um diploma serve para enfeite de parede suja ou para os delirantes megalômanos que insistem em exigir que seu porteiro o chame de DOUTOR.

O sujeito ingressa na vida escolar aos 4 anos em média; atravessa uma fase histórica do aprendizado até chegar ao ensino médio; após o famoso segundo grau, as empresas exigem de muitos a comprovação de que ele estudou. Eu acho isso louvável e até admirável, afinal de contas, temos que somar esforços não pela alfabetização, mas por uma pátria dotada de pessoas que conhecem a didática do ensino básico pelo menos.

O jovem, não de modo geral, mas uma grande parte sai do ensino fundamental sem saber ao menos assinar o nome corretamente; não conhecem o básico do básico e quando o tema é sociologia (não na mais alta acepção da palavra) ele não sabe nada mesmo. É incrível como a juventude tem uma capacidade enorme de GRAVAR AQUILO QUE ESTUDOU e jamais de aprender o que foi lecionado.

Pergunte, por favor, algo relacionado a Napoleão Bonaparte, tão influente inclusive na própria história contemporânea do Brasil a um jovem que recém terminou o segundo grau? Alguém em Deus poderia perguntar sobre Maurício de Nassau, Luis Alves de Lima e Silva, Monteiro Lobato, Anísio Teixeira, Darcy Ribeiro ou a importância do Rei de Portugal Dom Manuel I? É óbvio que não saberiam sequer citar apenas uma coisa importante destas pessoas; no máximo citariam o fútil e trivial, como por exemplo, a asneira de que Napoleão andava com uma das mãos escondidas na vestimenta e que Monteiro Lobato é o autor do Sítio do Pica-Pau Amarelo e nada mais.

Este mesmo jovem que se diz vencedor de uma barreira escolar busca apenas seu certificado de conclusão que lhe dará direito, dentre outras mesmices, fazer concurso público para coveiro ou gari, sem menosprezar é claro tais profissões tão inusitadas e necessárias para todos. Eles estão de olho não no aprendizado, não está nada interessado em APRENDER e sim mostrar aos pais que CONCLUÍRAM.

Mais adiante, muito possuem aptidões claras para ingresso nesta ou naquela carreira, mas mais uma vez, a grande maioria quer é o canudo de universitário, não é por acaso que os cursos de TECNÓLOGOS são os campeões de procura na infante instituição universitária nacional moderna. Os meninos e meninas se associam às velhas raposas preguiçosas para conseguirem em no máximo 03 anos um diplominha medíocre que o fará encher a boca e afirmar que “tem um curso de terceiro grau”; isso é tudo na vida de muita gente boa!

Mas também há aqueles que não fazem nada; não estudam nada; não conhecem nada; são analfabetos funcionais e conseguiram trabalhar o suficiente para juntar R$ 1,5 mil; estas pessoas em sua maioria são dotadas da vaidade plena; exigem do porteiro do prédio o chame de DOUTOR; na empresa onde trabalha, disse a todos que fez graduação em Direito e Pós Graduação em Economia Internacional; conta também que está fazendo um trabalho acadêmico para apresentar após o final de seu curso de DOUTORADO em Harvard. Na verdade o diploma de graduação é falso e o de pós-graduação ninguém nunca viu.

São estas pessoas enganadoras que compram pela internet os diplominhas medíocres que não valem nada; comentem crime de falsidade ideológica e ainda fomentam o mercado de falsificação de documento oficial. O pior destas pessoas é que eles pensam mesmo que seus amigos e colegas de trabalho acreditam naquele pedaço de papel que ganhou uma moldura e um lugar de destaque na parede da sala, para todo mundo ver; eu afirmo que quem compra diploma falso termina se tornando representante do falsário e ingressando numa segunda modalidade criminal.

Veja o anúncio que o Irregular.com.br já denunciou pelo menos cinco vezes ao Mercado Livre sem que nenhuma medida fosse adotada; ele está publicado no site de leilões pela internet:

Nos nunca trocamos de e-mail ou fone, estamos usando os mesmos meios de contato a anos, Quer saber como realmente registrar o CREA?

Nos Explicamos.

Quer saber sobre o Diário Oficial?

Nos Podemos explicar.

Não temos nada a esconder de nossos clientes

Cada vez mais o mercado de trabalho requer comprovação de conhecimentos específicos na maioria das áreas de trabalho, muitos de nos temos tais conhecimentos e com certeza podemos atuar igual ou melhor que muitos que tem determinada graduação, porem-nos falta à comprovação para tanto. Mas nos do sistemadiploma estamos preparados para resolver o seu problema de qualificação de uma forma rápida segura e sigilosa. O sistema diploma é uma rede de contatos bem posicionados em diversas instituições de ensino do Brasil, e por meio de nossos contatos podemos agenciar documentos validos e registrados para ENSINO MÉDIO, CURSOS TECNICOS, NIVEL SUPERIOR E PÓS-GRADUAÇÃO.

Consulte sem compromisso a respeito de nossos serviços escrevendo para sistemadiploma@hotmail.com ou ligue para 051 9225-5065 e tirem todas as suas duvidas.

Na imagem, que eu não publiquei, o falsário mostra um diploma da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Minha indignação não é somente pelo fato da venda, afina de contas, se falsifica até dinheiro; minha indignação é com o site Mercado Livre, que pertence ao Ebay dos Estados Unidos e que vende todo tipo de falsificação sem o menor problema; minha indignação é com a Polícia do Rio Grande do Sul que não rastreou este telefone ou do Ministério Público que sequer adotou medidas que coibissem esta prática nefasta.

O sujeito afirma ter solução para quem comprar seu diploma de engenharia, direito ou medicina; imaginem alguém que sequer sabe o endereço de uma faculdade com um diploma de medicina, fazendo concurso para juiz ou fazendo os cálculos em seu edifício? É para se assustar mesmo! Isso é GRADUAÇÃO EM PILANTRAGEM com Pós-Graduação em ladroeira, Doutorado em ESTELIONATAGEM e Mestrado em BABAQUICE.

Não que as universidades de hoje consigam formar os exímios profissionais de antes; esta operação é cada vez mais rara, mas se formos atinar ao real, um aluno de um curso regular de uma universidade legalizada já tem lá os seus percalços naturais para ingressar em seu ofício, imaginemos aqueles que sequer tiveram a teoria do curso; outra questão intrínseca deste tema é que já existem dezenas de faculdades virtuais, ou seja, o aluno ingressa por meio de um vestibular virtual, assiste a aulas virtuais, faz provas virtuais e se pagar direitinho as mensalidades, ao final do curso ele receberá também um diploma, e o melhor, original, com reconhecimento do MEC e podendo submetê-lo a qualquer exame de autenticidade; diferente dos “dipromas falços” da Universidade Tabajara.

Nesta vida em dias atuais podemos ver de tudo um pouco; tem algumas coisas que até parecem pilhérias; eu já presenciei uma delegacia de polícia com plantão, viatura e policiais aqui em Minas Gerais que era falsa; estou vendo o festival de venda de diplomas até de medicina falsos; carteiras de estudante emitidas para quem já desertou de uma sala de aula, estas são mais comuns do que carteiras de identidade; placas clonadas; cartões de crédito e talões de cheques clonados; carros, motos, celulares, ovelhas, enfim, são tantos os clones, tantas as aberrações neste sentido, que eu tenho medo de acordar e ver a minha família também clonada.

Fazer um diploma não é muito difícil; basta se procurar um design gráfico e passar-lhe um modelo; alias, basta se imprimir qualquer modelo; diplomas falsos, como não servem para nada e ninguém conhece o que é verdadeiro ou cínico, qualquer um serve. É sempre bom lembrar a especialidade de alguns papéis para a confecção dos certificados verdadeiros; marcas d’água, tintas especiais e fios de segurança presos entre o papel também de segurança, compõem alguns modelos de faculdades sérias, mas isso não impede de que pessoas os falsifiquem.

Para você que está pensando em “tirar uma onda de doutor” comprando algum DIPROMA FAUÇO, muito cuidado! Um dia a casa pode cair; seu diploma ser usado como prova contra você e até ganhar alguns dias de férias numa colônia penal para refrescar o juízo. Meu conselho é: ao invés de pagar 1,5 até 5 mil Reais num diploma inválido, utilize este dinheiro para estudar; não tenha vergonha de pegar um lápis, uma caneta e um caderno e voltar a estudar muito; isso além de honroso é demasiadamente prazeroso; faz bem a saúde mental, faz bem ao ego, lhe trará cultura de verdade e lhe ingressará num meio de novos amigos. Estude e exiba a todos não só o seu diploma verdadeiro, mas também o seu novo potencial, o potencial de ser sério; honesto e capaz!

Antes de ligar para “o cara” que é Reitor da Faculdade de Pilantrágem, lembre-se que para convencer alguém com o seu DIPROMA, ele terá que ser impresso com seus dados verdadeiros, senão a piada criminosa é mais grave ainda; uma vez que você fornecerá ao falsário os seus dados verdadeiros, se um dia a polícia prendê-lo, com certeza verá seus dados e uma matilha de lobos famintos pela verdade poderá caçá-lo e fazê-lo de exemplo; mas se você não tem nada a temer, LIGUE DJÁ!

 

Carlos Henrique Mascarenhas Pires



Comentários 0



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites