Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

MISERICÓRDIA! EU TENHO MEDO DA ESTUPIDEZ

Quarta feira, 14 de Dezembro de 2005
MISERICÓRDIA! EU TENHO MEDO DA ESTUPIDEZ

Imagine se a estupidez aguda e crônica se desandar contagiosa?

O homem foi concebido de formal análoga, todos possuem a mesma envergadura de tirocínio e raciocínio mas alguns desenvolvem mais e melhor ao longo dos tempos e devido à imissão no intelectivo que é justaposto nele. Muitas vezes este investimento não quer dizer necessariamente que seja em um educandário ou banco de universidade e o exemplo mais claro disso é o Presidente do Brasil, mas de uma coisa todos nós temos certeza plena, qualquer uma pessoa necessita de leitura, civilização e visão ampla das coisas que acontecem no mundo, mesmo que isso tudo seja apenas de almanaque, como já dizia meu amigo Tácio Mattos, filho do lendário Coronel Horácio de Mattos.

Eu acompanho há cerca de 15 anos os desdobramentos políticos entre o mundo do islã e os anglo-saxões aperfeiçoados da liga que apóia os descendentes de Davi ou, os judeus de Israel. Acompanho melhor ainda desde as cenas tocantes dos encontros entre Yasser Arafat e os líderes israelenses como Isaac Rabin. Naquela época o saudoso Arafat era mais uma lenda viva e mesmo sendo acossado dia e noite, sempre abrolhava e falava coisas que emocionavam. Arafat foi sempre duro com tudo que dizia respeito do contrario à Palestina e embora não demonstrasse tanto, era um fiel fervoroso do Alcorão e seguidor de Maomé.

Ali pertinho da Palestina encontra-se a República Islâmica do Irã, cercado pelo Iraque, Azerbaijão, Armênia, Kuwait, Paquistão, Afeganistão e Turquimenistão. No Irã também tem de um lado o Mar Caspio e do outro o Golfo Pérsico, aliás, Pérsico por sua causa pois o Irã já foi chamada de Pérsia e famosa por seus mercadores, sua religiosidade e seu amontoado de petróleo. Pelo lado do Golfo Pérsico o Irã ainda possui outros vizinhos barulhentos que são: os Emirados Árabes Unidos, Omã, Quatar e Bahrein, ou seja, está numa tulha prestes a explodir e caso isso aconteça ele mesmo, ele será um dos grandes responsáveis por ter riscado o primeiro fósforo.

Recente foi eleito para presidir a República Iraniana o imaturo Mahmoud Ahmadinejad e já começou a mostrar para que viria desde os comícios antes do pleito. O cruento iraniano é a favor de penalidades como corte das mãos (amputação) e chibatadas em público para aqueles que não reverenciarem os preceitos do alcorão, mas sua cólera mais violenta é mesmo desferir jargões de ameaças contra os Estados Unidos e contra Israel, disseminando o ódio.

Dentre outros já aplicados por Mahmoud, esta semana o moço afirmou que o holocausto foi uma invenção para sensibilizar o mundo para o ensejo judeu, ou seja, que os milhares de vítimas de Adolf Hitler não passou de mera quimera, conto da carochinha. O que Mahmoud Ahmadinejad esqueceu foi de destruir os também milhares de livros, filmes e documentos escritos por testemunhas do inferno ocorrido nos anos 40 ou mesmo destruir os próprios historiadores antes mesmo que eles pudessem escrever e registrar tudo que ocorreu naqueles anos sangrentos.

Eu até poderia pensar que este moço, que para mim é um demônio com carinha de anjo, está se passando por asno, néscio ou analfabeto, mas não é isso com certeza, afinal, eu não poderia acreditar que alguém com o mínimo de neurônios funcionando pudesse acreditar nisso; com certeza não; na verdade será que a grande nação mulçumana já não descobriu ajuntamento entre Teerã e a Alemanha de Hitler? Será que o povo iraniano já não iniciou (tardiamente) a sua conclusão própria de que a seiva do islã ajudou Hitler a perpetrar o êxodo na terra santa?

Negar o holocausto é negar milhões de mortos em canchas que até hoje não tiveram coragem de praticar nem em ratos; negar o holocausto é negar a biografia viva; negar o holocausto é o mesmo que se cooptar ao ideal do Reich.

Depois desta tal de internet até Fidel Castro que não ter provedor tem medo e não seria o povo iraniano ou o povo mulçumano que ficaria de fora deste meio tecnológico e é daí que vem a nova notícia, nova pesquisa, os novos descobrimentos.

O colega de Mahmoud, Osama bin Laden quando quer divulgar suas cenas patéticas de aparição ou comentário idiota sobre suas supostas ações escolhe dois meios de divulgação; o primeiro é a rede de televisão Al Jazeera do Quatar, sua forte aliada em transforma-lo em mito ou mártir; e o segundo meio é justamente a internet, esta que também divulga outras confianças e outros embustes.

Quando afirmo que tenho medo da estupidez é porquê no fundo do meu coração, tenho muito receio que esta tal de estupidez que emana de alguns paises árabes se transformem num achaque e que este seja grave e contagioso e como eu mantenho muitos contatos com amigos árabes, possa ser que algum deles já tenha tido contato com esta gentinha miserável e gananciosa, sem escrúpulos e nenhum pudor, e que esta tal de doença se aposse desta minha cabeçorra a transformando em inútil como as da maioria dos seus asseclas.

Só me faltava esta!

 

PS: Na foto do texto (acima) está uma das diversões deste supostos pacifistas; uma unidade nuclear que enriquece urânio, o mesmo composto usado em bombas atômicas, as mesmas que matam milhares de pessoas.

 



Comentários 0



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites