Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

MERCADO LIVRE PARA O CRIME

Domingo, 11 de Outubro de 2009
MERCADO LIVRE PARA O CRIME

Aqui mesmo eu já denunciei: o Mercado Livre, site pertencente ao gigante E-Bay dos Estados Unidos, é um campo livre para o contrabando, estelionato e agora, também virou campo livre para quadrilhas que estão presas.

Os criminosos que cumprem pena nos mais diversos presídios do Brasil estão observando que o velho trote do seqüestro falso não está dando mais certo; a utilização de celulares dentro dos muros prisionais também já demonstra sucumbir ante a pressão pública e a ação da polícia; eis que então eles começam a invadir outro circo; desta vez os salafrários estão agindo em detrimento da consciência dos mais vaidosos, e para isso, usam o frágil e conivente site Mercado Livre.com.br.

Para anunciar qualquer tipo de mercadoria, falsa, roubada ou inexistente, basta criar um cadastro simples no site, apresentar qualquer nome, qualquer endereço, qualquer telefone e ponto! Não se pede nenhuma prova documental e a única confirmação que se faz é através de e-mail. Depois disso qualquer pessoa está apta a vender desde aviões, até diplomas de medicina; é um campo aberto para o imperativo do crime.

Enquanto se perdia apenas dinheiro, tudo estava focado numa base míope do ponto de vista do Direito e da Justiça, mas esta semana, com exclusividade o Irregular.com.br descobriu mais uma modalidade criminosa dentro do site Mercado Livre; trata-se de quadrilhas que estão presas e que determinam de dentro dos presídios a ação livre de seus comparsas. Eles anunciam algum produto que todos tenham interesse por um preço baixo e prometem frete grátis, mais nota fiscal.

Para garantirem a confiança de quem vai comprar, os ladrões inventam um nome chamativo e como o site pontua positivamente e negativamente quem vende (ou compra), eles fazem vários perfis e negociam primeiramente entre eles próprios. O negócio é simples; eles vendem para eles mesmos alguns destes produtos desejados pela maioria das pessoas a exemplo de perfumes importados. Depois que eles recebem várias qualificações positivas é hora de atacar os inocentes.

O bom vendedor com vários pontos positivos e muitos elogios de quem fez negócios (eles próprios), passam a vender os mesmos produtos para as pessoas inocentes; depois que você faz o cadastro e efetua a concretização de um negócio, seus dados são revelados para o criminoso; ele terá de imediato o seu nome completo e seu telefone.

Você, por sua vez, terá que pagar pelo produto e isso ocorre por dois meios: depósito direto na conta do vendedor ou transferência bancária; é através deste último que o criminoso terá também acesso aos seus dados bancários. No último ato, você envia por e-mail o endereço de entrega do produto e confirma o pagamento. Há esta hora, a quadrilha terá os dados de sua conta, seu telefone, seu dinheiro e seu endereço.

Além de não receber o produto pelo qual você fez pagamento, terá ainda uma baita dor de cabeça com as ligações de quem opera o crime por esta modalidade; foi mais fácil para ele do que tirar um doce da boca de uma criança; seu dinheiro se foi e agora você poderá perder também a paz. Os criminosos começam a ligar para o seu número de telefone, revelado pelo Mercado Livre e começam a perturbar sua tranqüilidade; não bastasse o estelionato, chega a hora dos trotes e das tentativas de extorsão.

ELEGANCE WEB; no Mercado Livre está em nome de ELTA PEREIRA RODEL, que segundo o cadastro do próprio ML, se encontra na cidade de CAMAQUÃ – Rio Grande do Sul; durante a efetivação do negócio com Elegance WEB, que se comunica normalmente através do e-mail eleganceweb@bol.com.br, também aponta como sendo seu telefone o número (51) 3673.4388. Este telefone está sempre ocupado!

Para depósito, Elegance WEB pede para fazê-lo no BRADESCO, agência 0491, que fica na Av. Otávio Rocha, 123 – Centro – Porto Alegre, em nome de WAGNER PEDROSO, que na verdade é WAGNER BICA PEDROSO; observem que o vendedor cadastrado não é o mesmo beneficiários da conta corrente; o telefone do criminoso também não funciona. A modalidade apresentada tinha tudo para ser mais um caso de “laranjas” que emprestam seu CPF para criminosos abrirem contas em bancos, mas a surpresa estava só começando.

Wagner Bica Pedroso, que é o dono da conta do Bradesco, encontra-se na verdade no xilindró; o bandido tem várias acusações de crimes, inclusive de seqüestro, formação de quadrilha, assalto à mão armada e homicídio duplamente qualificado, informações da polícia gaúcha e de um jornalista do Diário Gaúcho.

O pilantra teve aditamento de um Habeas Corpus em 2008 no TJRS de outros crimes, sob o número 2008.025290-2; mas foi preso em flagrante pelo Delegado Wagner Dalcin, durante um seqüestro em 16 de julho de 2009 em São Leopoldo. Foi encaminhado com outros criminosos para a Penitenciária Estadual do Jucuí em Charqueadas.

A equipe do Inspetor Chefe Araújo: POLÍCIA CIVIL DO RIO GRANDE DO SUL – 1ª DP de Porto Alegre - Rua Riachuelo, 613 – Centro - CEP: 90.010-270 foi quem lavrou a ocorrência: 15820 de 10/10/2009 e com certeza apontará outros culpados. Parabéns a Polícia Civil do Rio Grande do Sul pelo acolhimento da denúncia; o que se espera de tudo isso é que o Ministério Público e a Polícia Civil elucidem mais este caso envolvendo a boa fé das pessoas que utilizam sem saber, de instrumentos de venda como o Mercado Livre.

Para quem já passou por situações parecidas, meu conselho é que busquem o auxílio policial e depois ingressem em juízo em desfavor também do Mercado Livre e para os que não sabem como acionar o site, vai aqui o meu adjutório com os dados da Receita Federal:

Mercado Livre.com Atividades de Internet Ltda. CNPJ/MF: 03.361.252/0001-34 - Rua Gomes de Carvalho, 1306 – 7º andar – Itaim Bibi - São Paulo – SP – CEP: 04.547-005.

Depois de tudo isso, fica a pergunta: - Vale à pena comprar mais barato no Mercado Livre, enquanto vários outros sites confiáveis vendem a maior parte dos produtos com garantia, nota fiscal e atendimento?

Aos que forem do Rio Grande do Sul, podem diretamente pedir ajuda ao Inspetor Chefe Araújo – 3286.8456 e Inspetor Gomes – 3211.0394 – responsável pela investigação.

 

Carlos Henrique Mascarenhas Pires



Comentários 0



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites