Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

MAIS UMA VERGONHA NACIONAL

Sábado, 23 de Dezembro de 2006
MAIS UMA VERGONHA NACIONAL

É muito digna a atitude do Presidente Lula quando autorizou que seis aeronaves da Força Aérea Brasileira fizessem o transporte de passageiros encalhados nos aeroportos mais freqüentados do Brasil que vivem uma crise tempestiva desde a queda do Boeing da Gol; com certeza Lula fez a sua parte para ajudar estas pessoas que no período de festas natalina tentaram se deslocar para diversas cidades e chegaram a ficar três dias parados e esperando voar.

O problema foi de fato criado pela TAM que segundo a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) vendeu mais passagens do que disporia suas aeronaves e o gesto presidencial somente ajudou a minimizar o problema de alguns poucos passageiros que já voaram, mas no final, quem pagará a conta desta caridade do Planalto?

Os aviões da FAB que farão o transbordo dos passageiros com certeza possuem um custo alto pois não estão adaptados e preparados para este tipo de serviço; entre manutenção obrigatória, combustível e reposição de peças, estas aeronaves gastam em média 35% a mais do que os jatos comerciais, segundo um amigo da FAB, e esta conta em tese deveria ser repassada para a TAM e outras companhias que iniciaram esta problemática, mas todos nós sabemos que esta conta, no final, será integralmente nossa. Sim, a conta desta baldeação já está paga por cada um dos brasileiros que contribuem com impostos e com certeza será repassada para o próximo orçamento do Brasil pois a FAB não poderá ficar (em tese) com esta despesa e com mais certeza ainda os oficiais generais que administram o orçamento da FAB pedirá ao concessor da gentileza (Lula) que reponha aos cofres o dinheiro gasto com a operação.

O diretor da TAM, Paulo Castelo Branco, informou numa entrevista que de fato algumas aeronaves foram postas na manutenção, sem previsão de saída, e que a estratégia é acomodar o volume de duas aeronaves em uma, mas “como as aeronaves não são elásticas, não cabe o número de passageiros programado. Fazer o que?”

Paulo Castelo Branco esqueceu que o transporte aéreo nacional é uma concessão federal, que pode sofrer desde sansões até a cassação definitiva. O diretor esqueceu também que o gesto irônico dele a da companhia que dirige causa prejuízos enormes ao Brasil e que por causa da irresponsabilidade e do furto da consciência que eles promoveram, eu que não tenho nada a ver com este problema, estou ajudando a pagar de alguma forma; pagar inclusive regalias que ele, administrador da TAM, costuma ter o ano inteiro.

O presidente Lula, mais uma vez registrando, fez a sua parte, em parte, pois deveria mandar que o Ministro Waldir Pires multasse a princípio a TAM pelo gesto aziago de vender mais passagem do que sua capacidade (ou capacidade de seus aviões) e todos estes dólares que serão gastos na operação de resgate da TAM não poderia ter sido gasto na compra de cestas básicas para os famintos que passarão o natal sem nada para comer? Com certeza nem Lula nem Waldir Pires, aliás; deixando clara a minha admiração pelo Ministro Waldir que é meu amigo dos tempos da política baiana, mas que recebeu um presente de grego quando assumiu o Ministério da Defesa em substituição ao Vice-Presidente Alencar; fariam qualquer esforço para multar a TAM ou qualquer outra companhia aérea brasileira para não serem responsabilizados no futuro por um possível fechamento de qualquer uma destas que ainda sobreviveram ao efeito 11 de setembro ou efeito Bin Laden. O mais certo é que Lula e Waldir Pires e também o Castelo Branco da TAM não terão nenhuma dificuldade para passarem as festas de final de ano com seus entes queridos, seja onde for neste Brasil enorme e aliás, valendo lembrar que eles não viajam em aviões de carreira por possuírem prerrogativas federais e o ultimo por ser diretor da empresa.

Em 2007, quando nós recebermos os aumentos das contas de água, luz, telefone ou do imposto de renda, é bom lembrar que centavos a mais de todas elas, de cada brasileiro, serão destinados ao pagamento das contas do uso destes aviões do governo para salvar a imagem de uma empresa privada, cujos lucros não voltam em benefício para nenhum de nós.

Este Brasil é uma vergonha!

 

Carlos Henrique Mascarenhas Pires

 



Comentários 1

PATRICIA E HENRIQUE

Sábado, 09 de Julho de 2011, às 21:20
Podemos ficar aqui por 24 horas no minimo enumerando as falcatruas daqueles que deviam zelar pelo nosso dinheiro e por nossa sociedade e etc.Mas no fundo isso é perda de tempo por uma razão matematica-economica de Podemos ficar aqui por 24 horas no minimo enumerando as falcatruas daqueles que deviam zelar pelo nosso dinheiro e por nossa sociedade e etc.Mas no fundo isso é perda de tempo por uma razão matematica-economica de Teoria Dos Jogos. O motivo de tudo acontecer em desfavor da sociedade é: O RISCO JURIDICO NO BRASIL E MUITO BAIXO. Como o contraventor toma suas atitudes? O contraventor e qualquer agente social pensa, como nesse caso, quanto me custaria regularizar a situação e honrar o que foi pactuado em contrato com "clientes"? Suponhamos R$ 10milhões de reais. Por outro lado ele calcula, e se eu não fizer nada e deixar o circo pegar fogo? Vai me custar ulguns processos, que em sua maioria não serão levados a diante, e se forem vou recorrer e isso vai se arrastar por uns 10,15 anos e no final ficará tudo o dito pelo não dito, e pior, os mesmos que processaram estarão na proxima semana usando meus serviços, pois o mercado é fechado e os mesmos não terão alternativas. De posse dessas decisões a tomar esse agente mede o risco jurido e conclui: VALE MUITO A PENA SER CONTRAVENTOR, no caso de uma empresa SA então nem se fala, pois a unica preocupação dos acionistas, são os divedendos no final do ano. Esse " jogo" sempre tende para quem atua na ilegalidade, a Teoria Dos Jogos está ai para mostrar. Não ha solução, pois quem elabora as regras são aqueles que mais usam o artificio citado acima e para piorar vivemos numa sociedade enestesiada, mal educada, inculta por novelas,com baixo nivel de percepção da realidade. Uma sociedade que não liga para o que acontece,pois a unica preocupação dos membros da mesma, é se dar bem, mas individualmente. Quando essa conduta se torna algo global a baderna está instalada. Conclusão.`Perda de tempo acreditar no Brasil.-Se nos Estados Unidos o jogo não tende para o contraventor e sim para a sociedade, no final das contas fica muito arriscado agir ilegalmente, pois a punição será severa. Falem o que quiser,mas ninguem chega a ser o maior imperio da humindade sem merito. E nós o que somos? - Ps: saudações ao novo brasileiro- Batistti...mais um exemplo vivo do que foi colocado aqui



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites