Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

IMPRUDENCIA NA ESTRADA É PASSE PARA OUTRA VIAGEM

Segunda feira, 16 de Outubro de 2006
IMPRUDENCIA NA ESTRADA É PASSE PARA OUTRA VIAGEM

É uma questão de lógica; você possui um veículo qualquer que assim como qualquer coisa na cadeia natural possui limitações, necessita de manutenção, zelo e o principal, um condutor habilidoso no sentido de deixar tudo correto e conduzi-lo de igual maneira.

O grande problema de nós brasileiro é que muitas vezes possuímos um carro ou moto e já lembramos as cenas dominicais de corridas de formula-1 onde os azes da pilotagem automobilística fazem “misérias” nas curvas e ao final, o melhor recebe pela frente uma bandeira quadriculada de boas-vindas pelo primeiro lugar ou o melhor desempenho; o grande e grave problema dos nossos condutores de veículos automotores é que muitas vezes não acreditamos que “nossos possantes” com 10, 15 ou até 20 anos de uso contínuo e sem a devida manutenção, necessitam ainda mais dos limites regulamentados como a velocidade máxima ou sinalização adequada; pensamos que temos Ferraris e que estamos dirigindo na Autoban da Alemanha (o melhor asfalto do mundo).

O resultado é que vemos todos os dias nos noticiários que dezenas de pessoas perderam as vidas em acidentes graves e outros tão banais que se pudéssemos voltar alguns segundos no tempo poderiam resgatar a maioria delas com uma simples advertência.

São homens, mulheres, crianças, anciãos, ricos, pobres, pretos e brancos que são mortos ou por própria responsabilidade ou por responsabilidade alheia e o resultado crescente são as estatísticas que provam à ignorância e o crime.

Quando grifo ignorância e crime eu desnivelo ambos os jargões e os ponho de modo distinto, pois ignorância são aquelas pessoas que até podem crer que um simples pneu muito gasto ou uma lanterna quebrada não seriam capazes de provocar um acidente, muito menos uma morte. Alguns destes ignorantes podem até pensar: - Qual mal poderá ocorrer com um pneu “careca” se em um carro existem outros três? Ou qual ocorrência mais grave ocorreria com uma simples lanterna queimada se existe outra e o carro fica tão visível quanto um com duas lanternas? O engano mora justamente aí, quando ignorantemente imaginamos que estes itens são de importância inferior. Um veículo é projetado com seus itens de série para atender a regulamentação legal, não podendo existir em demasia ou faltando e todos são importantes como chegam de fábrica; alguns possuem tolerância como os pneus, freios etc.

Quando somos informados de tudo isso porque sabemos ler e escrever e moramos em centros que divulgam isso no cotidiano (99% das cidades brasileiras) e não cumprimos, automaticamente deveríamos nos tornar criminosos por antecipação; desta forma, um dia mataremos alguém ou no mínimo, ajudaremos.

Se nós brasileiros não tomarmos consciência que isso é também um problema nosso, de cada um que possuímos veículos, com a máxima certeza de que a “nossa” próxima e ultima viagem poderá ser para o destino retratado na imagem desta crônica; por mais macambúzio que você possa ficar ou por mais mórbido que esta crônica possa se apresentar, ela não deixa de ser uma fatídica certeza.

Não custa tanto ou nada usar cinto de segurança; dar manutenção regular nos itens de segurança e dirigir sem o uso abusivo de bebidas alcoólicas; colocar as crianças no banco traseiro independentemente da sua idade; verificar sempre as condições dos pneus. Quem não possui condição financeira para manter um carro deveria usar bicicleta, quiçá um jumento, para não somente ser ecologicamente correto, seguro e econômico.

 



Comentários 0



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites