Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

EM TUPÃ - SP TEM NOTEBOOK DE OURO

Quinta feira, 28 de Maio de 2009
EM TUPÃ - SP TEM NOTEBOOK DE OURO

A polêmica desta semana foram os 10 (dez) notebooks que a Câmara Municipal de Tupã tentou comprar para mimar seus edis; a Rede Globo deu um pau no Jornal Nacional e o Presidente da Câmara, Sr. Ribeirão (olha o apelido da fera) afirma no site do Legislativo de Tupã que foi uma armação; segundo o Excelentíssimo Senhor Vereador Presidente Ribeirão, a licitação estava cancelada, mas a televisão montou a reportagem. ?????

 

A denúncia da Rede Globo afirmava que os vereadores de Tupã tentaram aprovar uma licitação pública para comprar dez computadores portáteis ao valor de R$ 11 mil cada um. Na reportagem o Presidente Ribeirão afirmou categoricamente que os aparelhos caros se deviam a alta tecnologia empregada e que seus pares vereadores necessitariam ter um equipamento moderno e eficaz.

O www.irregular.com.br pesquisou no site Buscapé para saber qual é o notebook mais barato e o mais caro anunciado nas lojas virtuais do Brasil; surpreendentemente ele achou os dois extremos da tecnologia e dos preços, mas antes disso, quero lhes apresentar o meu notebook, a máquina que me acompanha há cerca de um ano e que percorre as estradas, hotéis e que já esteve conectado com o mundo sem jamais negar fogo em 13 (treze) países; estou falando do HP DV2670br, que tem processador Intel Dual Core 2 Duo 13,8”, 160 GB de HD, 2048 MB de memória DDR2 e está equipado com leitor de digitais, câmera de 1.3 MP e DVD. Meu brinquedo me custou R$ 3.900,00, mas hoje um modelo similar é encontrado por cerca de R$ 1.900,00.

 

Antes de eu mostrar as duas extremidades, o mais caro e o mais barato notebook do Brasil, quero que saibam o que o meu notebook faz: tem todos os programas da Microsoft originais, roda em Vista (que é muito pesado) e tem o Office 2007 na versão comercial (também muito pesado). No meu notebook está instalado e eu acesso todos os dias o Google Earth, Guia 4 Rodas, faço edição de fotos no Photoshop, utilizo mais 36 programas, do mais simples ao mais complexos; anti-virus muito pesado, faço ligações internacionais com o Skype, tenho instalado o programa Outlook para gerenciar meus e-mails e o Lime, para baixar minhas músicas preferidas. No meu HD tem hoje cerca de 10 mil músicas e um punhado de vídeos, dentre outras coisas; ainda assim, eu não atingi 50% da capacidade de geração dele; faço conexão via internet via Cabo ou via Mini Moden e o “bicho” é muito robusto; jamais me deixou na mão.

 

Antes mesmo de mostrar os preços, vamos conhecer os vereadores de Tupã e conhecer também um pouco da história desta cidade cujos vereadores tanto necessitam de notebooks de R$ 11 mil reais.

 

Tupã é uma cidade paulista com 65 mil habitantes, para se ter uma idéia, o bairro onde eu moro em Belo Horizonte tem mais gente que a cidade de Tupã e não é um dos maiores daqui; vive da agricultura e para finalizar o quadro, segundo a OAB local, somente 85 advogados trabalham no município, destes, cerca de 30 estão inativos.

 

Agora vamos conhecer os famosos vereadores NERDs que tanto quiseram ter um brinquedinho de 11 mil reais nas mãos para poderem trabalhar com dignidade; mas antes ainda é bom lembrar que a Câmara se reúne apenas 4 (quatro) vezes por mês.

 

Antonio Alves de Souza, o Ribeirão: está em seu quinto mandato e é COMERCIANTE. Não consta em seu currículo que tenha algum diploma de graduação.

Luis Carlos Sanches; está em seu segundo mandato e pelo currículo divulgado na Câmara o moço é ligado á área de educação.

Augusto Ferreira, o Ninha; está no 3º mandato e é comerciante.

Danilo Aguillar Filho; este é Engenheiro Civil e Professor Doutor do Campus da Unesp em Ilha Solteira; está no 3º mandato.

Lucas Machado é estudante de Direito e pasmem, este jovem neófito é DIPLOMADO EM POLÍTICA pelo Instituto Esquerda pra Valer (?????), é o que consta no seu currículo.

Maria Donadelli é MÉDICA e casada com o Vice-Prefeito atual.

Telma Tulim, esta edil é DELEGADA DE POLÍCIA de carreira (presumo).

Valdemar Manzano é aposentado como DELEGADO DE POLÍCIA.

Valdir Mendes é funcionário público e não tem profissão definida; em seu currículo consta que ele é Rotariano, como se isso fosse tudo e que justificasse alguma coisa.

E por fim, Valmir Zoratto, que também engrossa a fileira dos sem profissões, mas na página da Câmara, eles afirmam que este edil é apaixonado pelos animais. (???)

 

Esta é a trupe que quis ter um mimo de R$ 11 mil com o dinheiro do povo; mas e os notebooks, o caro e o barato? Para não esquecer, o notebook mais barato da internet custa R$ 745,00 e é um daqueles mini notebooks que provavelmente não atenderia a alta capacidade de programas e o alto intelecto destes vereadores; nota-se pelos currículos e pelo tamanho da cidade que eles são dotados do mais alto conhecimento de informática e que de fato necessitam de computadores de última geração; sim, porque o notebook mais caro da internet é o Apple Macbook MB604BZ Intel Core 2 Duo, 2,66 GHz, 4 GB memória, HD 320 GB com tela de 17; este mimo custa hoje R$ 13.500,00 lá no Wal Mart.

 

Quem opera um canhão destes, o Macbook MB604BZ e necessita dele para trabalhar, são pessoas que estão acostumadas a fazer filmes, editam musicais, fazem CDs, executam projetos arquitetônicos ou ainda, aqueles que querem levar o banco de dados de uma fábrica como a Unilever dentro dele, salvo contrário, aquele meu notebook, o HP, já servirá e ainda dá margem de folga.

 

No meu computador eu armazeno todos os meus textos; eu faço cerca de 20 textos por mês de cerca de 5 páginas cada e faço isso há vários anos; também estou editando quatro livros simultaneamente e além de tudo isso, tenho petições, jurisprudências, acórdãos, duas monografias de quase 600 páginas, 6 mil fotografias de alta resolução e ainda tenho um backup da loja virtual de minha esposa; como disse antes, ainda me resta 50% de sua capacidade e eu não trabalho 4 vezes por mês em seções de 1 hora cada; quem dera eu ter que trabalhar apenas 4 horas por mês...!

 

Esta cambada de desocupados que vai do nada ao lugar nenhum, que ganham salários gordos enquanto aqueles de sua cidade morrem de fome, tiveram a audácia de pretender comprar computadores de 11 mil para seus trabalhos; isso só pode ser piada de mau gosto. Eu classificaria como humor negro!

 

Olhem vocês mesmos os currículos de cada um dos vereadores de Tupã e me digam se esta gente precisa de qualquer computador? Eu duvido que qualquer um destes saiba sequer operar com segurança um computador qualquer e não queiram dizer que qualquer um destes vereadores tentou impedir a licitação fraudulenta, tendenciosa e vil, porque não fizeram; nenhum deles apareceu acusando a licitação; o único cara-de-pau foi o Ribeirão que tentou persuadir a repórter afirmando que eles necessitavam, mas que de fato eram caros; o povo de Tupã e o Ministério Público, que já está no caso, precisam investigar para saber ao certo se algum destes, e qual deles receberiam a comissão pela venda.

 

Esta história me fez lembrar uma Lei que foi sancionada pela Câmara e Prefeitura, numa cidade do interior da Bahia, que dava incentivos fiscais as redes hoteleiras que pretendessem se instalar na orla marítima da cidade, desde que respeitassem o limite de 100 metros do mar e implantassem áreas permanentes de preservação ecológica; uma idéia genial, se não fosse o detalhe que a tal cidade se encontra a 255 km da praia mais próxima. Mais tarde eu fiquei sabendo que o asno do Vereador que propôs a lei foi visitar a Câmara Municipal de Salvador e COPIOU O PROJETO DE LEI, levando o modelo para sua cidade, que nem na Era Glacial viu qualquer tipo de fluxo de água, seja fluvial ou marítimo. Um asno copiou e outros 8 asnos aprovaram POR UNANIMIDADE. Vejam o nível...!

 

Eu li na página da Câmara que eles, os vereadores dos notebooks, homenagearam o Instituto de Psiquiatria de Tupã que completou 40 anos de serviços; fica aqui a minha sugestão para o Presidente Ribeirão: contrate os médicos psiquiatras para uma análise do povo; peço-os que formulem uma pesquisa pública para medir a sanidade desta gente que elege por tantas vezes gente igual aos vereadores do atual mandato. Com certeza o povo de tupã merece coisa melhor do que isso, aliás, pelo visto, qualquer coisa é melhor do que isso!

 

Apenas por ilustração, na rede de ensino de Tupã (toda a rede) existem apenas 10 computadores normais e batidos para os mais de 2 mil alunos. O inquérito foi instaurado pela promotora de Justiça Florenci Cassab Milani, em razão de notícias publicadas pela imprensa informando que cada equipamento custaria cerca de R$ 11 mil aos cofres públicos.

 

De acordo com a promotora, a administração pública deve justificar a necessidade das compras em atenção ao zelo pelo dinheiro público, notadamente porque "há um enorme déficit de equipamentos de informática no município para inclusão digital da população em geral, principalmente das crianças e adolescentes, que se reveza em determinadas situações para a utilização de computadores".

 

Eu daria tudo para ver o final deste caso e ouvir a opinião do Prefeito!

 

 

Carlos Henrique Mascarenhas Pires

 

Na foto: Vereador Ribeirão – Foto: Divulgação da Câmara de Tupã



Comentários 3

Paulo Cesar Madureira

Sábado, 03 de Dezembro de 2011, às 00:19
os noots nunca foram comprados ta falando sem saber ta falando merda para ter credibilidade a gente precisa falar só a verdade, ai teremos forças para lutar contra todos os safados, eu disse só a verdade e ganhei do lider do governo, então vamos lutar e primar pela verdade, vamos falar o que podemos provar ou seremos eternos hora do brasil falam, falam mas ninguem escuta.

Yosefh

Sexta feira, 02 de Dezembro de 2011, às 23:36
Aqui na minha cidade a trupe de ordinários que se dizem vereadores compraram por cerca de 12 mil reais cada, 20 unidades de um notebook modelo Itautec que custava nas Casas Pernambucanas cerca de R$ 1500,00. O superfaturamento na compra de 20 laptops, em fevereiro de 2005 custou R$ 236 mil e depois de muito custo e muito juiz fez com que a camara devolvesse o dinheiro. Esses caras acham que somos um monte de babacas desorientados. Precisamos estar sempre ligados e seu trabalho vem ao encontro dessa necessidade de informação honesta. Abraço

Inconformado

Segunda feira, 08 de Agosto de 2011, às 08:53
Nao sei como a populaçao de Tupa pode permitir que um cidadao desse oculpe um cargo politico isso é uma vergonha



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites