Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

CURIOSIDADES DA AVIAÇÃO

Terça feira, 28 de Agosto de 2012
CURIOSIDADES DA AVIAÇÃO

Reza a lenda que o primeiro voo humano foi realizado por Ícaro e o pai Dédalo, com penas de pássaros formando asas, presas nas costas com cera, a qual se dissolveu no calor do sol. Ícaro se precipitou no mar e morreu, sob o olhar desesperado do pai. Khensu, um deus alado do Egito, em que se encarnavam as aspirações ao voo, do antigo povo que vivia no vale do rio Nilo; e mais recente Leonardo da Vinci dedicou muito tempo ao estudo do voo, ficando também famoso por este tipo de articulação futurista.

Quem mora num grande centro está mais acostumado a observar o vai e vem dos aviões que riscam o céu. Do menor modelo experimental, muito visto em aeroclubes, aos mais grandalhões a jato; são centenas deles cruzando a vastidão do céu do Brasil e raramente olhamos para alto para tentar enxergá-los, mas sempre um deles acaba nos chamando a atenção.

Em terra quem dá o show são os carros. Principalmente os homens sabem desde cedo o nome da maioria deles; os garotos mais jovens sabem os nomes das marcas, dos modelos e principalmente se este ou aquele tipo é possante; mas e os aviões? Mesmo aqueles que andam sempre indo e vindo de aeroportos brasileiros, será que as pessoas sabem suas marcas e os modelos destas máquinas voadoras que encurtam nossas distâncias e muitas vezes nos causam pânico?

As Crônicas do Imperador resolveu fazer uma breve pesquisa para levar a seu público alguns dos modelos mais usuais de aeronaves comerciais que transportam passageiros nas principais companhias aéreas do Brasil.

Nesta pesquisa, muitas pessoas se surpreenderão com o número de companhias aéreas em operação; suas máquinas voadoras e algumas curiosidades que as envolvem, como velocidade máxima, autonomia de voo, altitude máxima e quantidade de passageiros que podem transportar.

Além das maiores companhias aéreas como Tam, Gol, Azul, Avianca, Webjet e Trip, o Brasil possui outras 8 companhias de pequeno porte que operam com aeronaves menores. Outras 45 companhias aéreas de grande porte, todas do exterior, operam com voos regulares entre seus países e as maiores capitais brasileiras. A maior Cia aérea do mundo é a American Airlines dos Estados Unidos e esta possui voos regulares entre o Brasil e seu país de origem, com dezenas de aviões diariamente sobre nossas cabeças. Algumas exóticas e pouco conhecidas como Aserca Airlines da Venezuela, Elal Airlines de Israel e a Boa (Boliviana de Aviacion), também operam com seus aviões pelo céu brasileiro.

Das grandes nacionais a empresa brasileira que atende o maior número de destinos é a TRIP; e a que atende o menor número de destinos é a Webjet; e quem possui a maior frota é a TAM. Os aviões que estas grandes empresas operam são estes:

Airbus A318 - França
Voa a 875 km/h; autonomia de 6 mil km; sobe a 12.000 metros com 120 passageiros.
Quem usa: Avianca.
Airbus A319 - França
Voa a 875 km/h; autonomia de 6,8 mil km; sobe a 11.800 metros com 132 passageiros.
Quem usa: Avianca e Tam.
Airbus A320 - França
Voa a 875 km/h; autonomia de 6,1 mil km; sobe a 11.800 metros com 162 passageiros.
Quem usa: Avianca e Tam.
Airbus A321 - França
Voa a 850 km/h; autonomia de 4,2mil km; sobe a 11.800 metros com 220 passageiros.
Quem usa: Tam.
Airbus A330 - França
Voa a 870 km/h; autonomia de 12,5 mil km com 223 passageiros.
Quem usa: Tam.
Fokker MK 28 - Holanda
Voa a 821 km/h; autonomia de 3,1 mil km; sobe a 10.600 metros com 100 passageiros.
Quem usa: Avianca.
Embraer 190 - Brasil
Voa a 911 km/h; autonomia de 3,3 mil km; sobe a 12.500 metros com 100 passageiros.
Quem usa: Trip e Azul.
Embraer 195 - Brasil
Voa a 911 km/h; autonomia para 4,03 mil km; sobe a 12.500 metros com cerca de 100 passageiros.
Quem usa: Azul.
Embraer 175 - Brasil
Voa a 911 km/h; autonomia de 3,7 mil km; sobre a 12.500 metros com 86 passageiros.
Quem usa: Trip.
ATR 72 - França
Voa a 470 km/h; autonomia de 3,8 mil km; sobe a 7.600 metros com 68 passageiros.
Quem usa: Trip.
ATR 72-200 - França
Voa a 563 km/h; autonomia de 3,8 mil km; com cerca de 68 passageiros.
Quem usa: Azul.
ATR 72-600 - França
Voa a 563 km/h; autonomia de 3,8 mil km; com cerca de 68 passageiros.
Quem usa: Azul.
ATR 42 - França
Voa a 470 km/h; autonomia de 1,8 mil km; sobe a 7.600 metros com 48 passageiros.
Quem usa: Trip e NHT.
Boeing 737-300 - USA
Voa a 1000 km/h; autonomia de 4,5 mil km; sobe a 11.900 metros com 126 passageiros.
Quem usa: Webjet e Puma.
Boeing 737-800 - USA
Voa a 1.000 km/h; autonomia de 5,6 mil km; Sobe a 11,9 mil metros com 187 passageiros
Quem usa: Webjet e Gol.
Boeing 737-700 - USA
Possui as mesmas características do 737-800, mas leva cerca de 144 passageiros.
Quem usa: Gol.
Boeing 767 - USA
Voa a 1.000 km/h; autonomia de 14 mil km; sobe a 12,5 mil metros com até 351 passageiros.
Quem usa: Tam e Gol.
Boeing 777- USA
Voa a 906 km/h; autonomia de 14 mil km; sobe a 12,5 mil metros com até 365 passageiros.
Quem usa: Tam.

Sabemos que estes são alguns dos tantos aviões que pousam e decolam dos mais distintos aeroportos do Brasil e que existem dezenas de outros modelos desconhecidos de nós, meros passageiros destas máquinas voadoras e entusiastas do mundo da aviação. Talvez, saber sobre eles, não seja um fato tão relevante para o público geral; e mais signifique o conhecimento de almanaque do que outra coisa cultural, mas ter uma noção, mesmo que básica, é sempre bom.

Eu nunca fui fascinado por estas curiosidades da aviação, mas sempre estive dentro de todo tipo de aeronave; das sucateadas russas que me levaram a Cuba, passando por mono e bi motores que me transportaram por cidades pequenas, até chegar aos modernos jatos enormes que cruzam os continentes em voos diretos. Como passageiro eu já acumulei centenas de horas de voo; alguns memoráveis e outros muito desagradáveis; mas nenhum deles com consequência grave, apenas drama de quem voa muito, diz que não tem medo, mas no fundo o possui, pelo receio de não estar em terra firme!

Se nunca me interessou saber detalhes intrínsecos destas aeronaves, pelo menos os modelos delas eu sempre procurei escrever para registrar e deixar para meus filhos, algumas destas tantas experiências. No futuro próximo todos estes modelos mudarão, pois seguem a linha da tecnologia, que está sempre em mutação para a segurança de todos e o enriquecimento das companhias fabricantes; mas este registro permanecerá, assim como as histórias de cada uma destas aeronaves que pertencem nas empresas do Brasil.

Há inúmeras perguntas que muitos gostariam de fazer a um comandante de aviação ou a um engenheiro de aviação; todas relacionadas a números enormes que estas máquinas podem produzir. As Crônicas do Imperador selecionou algumas delas para deleite de todos:
a) Sobre o consumo de um Boeing de grande porte, os tanques são capazes de levar até 21 toneladas de querosene. Da decolagem até ele atingir a altitude de cruzeiro, se gasta em média 2 toneladas; e mais 2 toneladas por hora de percurso; e 700 kg para cada hora de descida. Um litro de querosene de aviação pesa 800 gramas; portanto um Boeing gasta em média, voando, 1.600 litros de combustível por hora. O maior avião do mundo pode levar até 216 mil litros de querosene.
b) Um 737-700 pode custar até R$ 128 milhões. O avião mais caro da Boeing é o 737-900ER e seu preço pode chegar a R$ 162 milhões, sem os exageros que alguns costumam solicitar. Um 737-900 quando em voo, acredite: lá encima, sobre nossas cabeças, há quase 81 toneladas voando...!
c) Acredita-se que o modelo Boeing 737 já tenha transportado 7 bilhões de passageiros, ou a mesma população do mundo atualmente.
d) Se um dia você quiser comprar um Boeing 777, o mesmo que a TAM possui quatro unidades, precisa reservar nada menos que R$ 500 milhões e entrar na fila de espera. A Emirates Airlines, que faz voos no Brasil também, tem 78 unidades desta joia voadora.
e) Um Airbus A350-1000, concorrente mais forte do Boeing 777, custa R$ 641 milhões e pode levar até 550 passageiros. A primeira unidade desta preciosidade está previsto para ser entregue em 2013.
f) Nos EUA há cerca de 15 mil aeroportos; o maior do mundo em área é o JFK que tem 250 km quadrados; e o maior em número de passageiros é o de Atlanta, com quase 100 milhões de pessoas por ano.
g) No aeroporto de Londres há cerca de 500 mil pousos e decolagens todos os anos; estes números fazem dele o maior do mundo em tráfego.

De agora em diante, quando você estiver comprando seu bilhete aéreo, indo ao aeroporto, entrando na sala de embarque e posteriormente afivelando o cinto de segurança; partindo de um ponto e chegando a outro a bordo de uma magnífica aeronave; lembre-se que milhares de pessoas trabalham arduamente para que tudo saia conforme o planejado; que nestas tantas tarefas não cabe erros, por menores que sejam. Saiba que existe uma estrutura enorme por trás de cada voo; e tudo isso para honrar as operações meticulosas de cada aeronave que paira sobre o mundo!

Na próxima segunda-feira, dia 27 de agosto, eu farei mais um voo. Nesta ocasião, numa aeronave brasileira (Embraer da Azul), farei meu voo de número 500 (catalogo cada um deles). Voarei de Belo Horizonte para Goiânia, depois irei a São Paulo e retornarei para casa no final de semana; mais uma oportunidade para curtir a vastidão do céu e colecionar histórias da aviação.


Carlos Henrique Mascarenhas Pires



Comentários 3

ari gonçalves

Segunda feira, 11 de Janeiro de 2016, às 20:34
por favor, estou em duvida, se gasta 1.600 por hora, vai gastar - 16.000 em 10 horas (ex: sp-Lisboa) porém outros dizem que o gasto é de - 150.000 ?? santo Deus 150 mil são 10 caminh~es não é? desculpe a falta de ordenação e Obrigado.

Carlos Eduardo

Terça feira, 07 de Janeiro de 2014, às 16:06
Prezado Carlos Henrique, Sou professor do IFRN e estamos desenvolvendo um aplicativo para IOS, Android e Windows Fone que visa calcular o quanto cada turista emite de carbono em suas viagens. Nesse aplicativo, iremos indicar as ações que a pessoa deve ter para reduzir seu passivo da viagem. Achei bastante interessante seu artigo e gostaria de sua colaboração para que você me indicasse as fontes de sua pesquisa para que eu pudesse encaminhar as minhas. Minha dificuldade consiste no fato de não existir, nos sites pesquisados, esses dados precisos como você expôs em seu artigo. Desde já, agradeço a atenção e colaboração.

Anderson Portela de Castro

Sexta feira, 31 de Agosto de 2012, às 21:57
CURIOSIDADE DA AVIAÇÃO



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites