Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

COISAS DO TURISTA SEXUAL

Domingo, 20 de Março de 2011
COISAS DO TURISTA SEXUAL

A vida de todos tem quatro fases; o SURGIMENTO, que pode ser divido em Surgimento Programado, Surgimento Acidental, Surgimento Ocasional ou Surgimento Forçado; depois do surgimento há o DESEMPENHO, que diante da circunstância da subdivisão do surgimento pode influenciar negativa ou positivamente na etapa seguinte, que é a COROAÇÃO. Durante a etapa da coroação, que significa o ápice da vida do indivíduo, ele começa a preparar sua vida para o ritual do OCASO, quando então encerra seu ciclo presencial!

 

O sujeito nasce lá na casa da PQP, lá nas bandas da Europa ou dos Estados Unidos da América; tem uma oportunidade rara e única, que a maioria de nós latinos e outros africanos e asiáticos sequer chegarão aos pés, que é nascer em um solo rico e civilizado; depois tem acesso a melhor educação científica do planeta; nesta jornada ele já terá cumprido as duas primeiras fases de sua vida, surgimento e desempenho.

 

Muitos não serão beneficiados com uma coroação tão perfeita; sejam brasileiros, estadunidenses ou europeus, todos terão coroações diferentes dentro da própria sociedade; os bem sucedidos e os maus sucedidos das bandas de lá, muitas vezes para sua sociedade ostentam uma vida familiar perfeita; uma cena típica de novela amorosa, com filhos limpinhos e bem educados, uma esposa zelosa que faz jus a mais perfeita arte doméstica, enquanto o varão; normalmente são eles os que mais trabalham fora; traz o sustento para a família e programa o futuro guardando uns trocadinhos para umas festinhas. Isso é a vida cotidiana de quem quer curtir a própria vida antes de chegar ao ocaso, que significa, nos termos poéticos, morrer!

 

Acontece que muitos destes fanfarrões importados, que mantêm uma vida familiar exemplar nas bandas onde vivem, guardam uns trocadinhos para farrear nas bandas de cá; na África poucos ousam em freqüentar com tanta sofreguidão, porque a maioria das nações a Lei é severa e para alguém morrer por um simples gesto, é mais comum do que matar um animal irracional; na Ásia a coisa também não é tão agradável e poucos são os lugares que permitem excessos, principalmente por causa da religião que normalmente comanda os Estados; então sobra apenas a faixa esguia entre o México e o Brasil; que é uma espécie de “Casa de Mãe Joana”, onde todo mundo mete a mão em qualquer cumbuca e normalmente só se extrai mel.

 

Os gringos fretam aviões ou partem num navio de cruzeiro, mas antes dizem as suas “melenas” esposas, que farão uma viagem de negócio; eles farão o famoso “Turismo Sexual”. Começam parando em alguma ilha do Caribe e a sacanagem rola solta; é um tal de carrossel do sexo pra cá, trenzinho da orgia pra lá e no final, quando todos pensam que tudo já terminou, porque os “caras” estão saciados, eles partem em direção a outro lugar.

 

Um dos bons destinos para a farra do turismo sexual é o Brasil; eu não me canso de escrever que aqui é a terra em que tudo que se planta dá, inclusive a prostituição infantil. Afirmo isso, porque são as próprias autoridades que dão proteção ou exploram este ramo deplorável. Polícia, justiça, membros do Executivo e legisladores, muitas destas autoridades têm envolvimento direto com o crime; outros se aproveitam das carteiras e fazem parte da mesma orgia em que os gringos estão de olho. Lei existe para punir, mas o difícil é encontrar alguém disposta a fazê-la valer.

 

Quem anda pelo calçadão de Copacabana em qualquer época do ano e nunca esteve lá, provavelmente vai pensar que está no Vondelpark em Amsterdam, porque cocaína, maconha e prostitutas se oferecendo é mais comum do que turista. Dizem que é uma tradição do lugar e que não se deve mexer neste tipo de reminiscência; eu afirmo que é por isso que nascemos, vivemos e vamos morrer na lama!

 

Você por acaso quer fazer sexo com uma anã, ou uma gorda de 170 kg, ou ainda com uma anciã de 75 anos, uma mocinha de 15 anos, ou ainda com um senhor de 80 anos? Então o lugar certo é São Paulo! Nos postes, jornais, revistas e principalmente nas recepções dos hotéis há locais certos para cada tipo esquisito de admirador do incomum ou criminoso. Basta sua carteira ter algumas cédulas de R$ 100,00, mas se não tiver, não se preocupe, pois os cafetões aceitam cartões de crédito e ainda parcelam! Como é que eu sei de tudo isso? – São mais de 20 anos estudando o comportamento criminoso das pessoas e viajando pelo mundo; nada mais!

 

Mas os gringos dissimulados até querem o eixo Rio – São Paulo, mas nas ocasiões festivas; porque no comum, portugueses, holandeses, alemães (principalmente estes), estadunidenses, ingleses, franceses, suíços e suecos querem mesmo são as praias quentes e baratas do Nordeste; é lá que a coisa pega fogo e as orgias sexuais saem pelo ladrão em qualquer época do ano; de janeiro a janeiro as pousadas das cidades mais populosas nordestinas estão sempre cheias de inventivos turistas que somente querem é fazer sexo.

 

Não fiquem pensando que são somente os homens que fazem isso; muitas mulheres de pele clara, aliás, claríssimas; deixam seus países para visitar as bandas de cá, apenas para poderem manter um romance mais quente com os homens de pele escura. Num site de relacionamento famoso eu consegui colher alguns relatos simplesmente intrigantes; muitas destas mulheres que relatam abertamente, afirmam que os homens daqui são fortes, lindos por causa da cor da pele e principalmente por que são hiper dotados; isso mesmo! Eles afirmam que seus maridos são adoráveis, mas o que elas querem de verdade eles não podem oferecer, por isso é que partem para locais como o Brasil, apenas para fazerem turismo sexual!

 

Em Fortaleza, uma das cidades mais visitadas pelos turistas gringos do Brasil, se alguém perguntar onde fica o Dragão do Mar; belíssimos espaços culturais cearense, raríssimos turistas saberão; mas se alguém perguntar onde tem garotinha de menos de 15 anos disponível para sexo, todos dirão para procurar na Rua dos Cariris, quase chegando à Rua dos Tabajaras, na Praia de Iracema. Aquele espaço é tradicional e famoso há décadas; as garotinhas adolescentes que sequer sabem ler ou escrever, já atuam na vida sexual paga com diploma de pós-doutorado; tudo isso aos olhos da polícia, da justiça e principalmente do Poder Executivo, que fecha os olhos ou por negligência ou por participação nos lucros. - Porque isso ainda existe lá?

 

O mesmo que ocorre em Fortaleza se enxerga em Natal, Recife, São Luiz e Salvador; a coisa é tão escancarada que mesmo depois de intermináveis reportagens denunciando os esquemas entre as autoridades e os exploradores do sexo, nada acontece e tudo fica como dantes no quartel de Abrantes. Eu conheço algumas dúzias de policiais que são proprietários de esquemas internacionais do sexo; da mesma forma que eu conheço, muita gente sabe e conhece também; provar isso é muito fácil, punir é impossível!

 

O interior do Brasil está cheio disso e este esquema sexual do interior não serve aos turistas estrangeiros, mas sim as próprias autoridades locais; prefeitos, juízes, promotores, policiais, padres e sacristães se esbaldam neste tipo de orgia criminosa a luz do dia; quem é que vai levantar a bandeira da decência, da moralidade e da lei, se a própria lei está corrompida? – Se algum paladino da verdade se dispuser a fazê-lo, terá que ter peito e cabeça de aço!

 

Recente a Globo seguiu os passos de uma rede de prostituição que liga o Brasil e a Alemanha; a TV mostrou hotéis que só recebem turistas sexuais germânicos e um traçado quase perfeito em que agências de turismo de lá vivem apenas para enviar os “hitlerianos” para cá; mostrou a intensa movimentação na boate e pousada Bamboo na praia de Boa Viagem em Recife, que já foi palco de morte de um freqüentador. Depois disso tudo, o que aconteceu? – Nada!

 

Não aconteceu nada, tampouco vai acontecer! Ninguém está nem um pouco preocupado se uma garota de 13 anos se prostitui, simplesmente porque ela é pobre; na outra parte da ignorância nacional, quem vem ao Brasil, no mínimo gasta dinheiro, portanto se conclui que muitos chegam aqui e deixam seus Euros, enquanto as crianças se prostituem e ganham estes Euros; por último, elas pagam parte desta grana às autoridades e ficam com uma pequena parte; todos gastarão a grana e fomentarão o mercado interno. Diante de tantos “benefícios”, quem vai se meter a besta para parar este ciclo lucrativo?

 

É tão tranqüilo e fácil movimentar um negócio sexual no Brasil que até nos aeroportos tem propaganda interna chamando os turistas a freqüentá-los. Até onde eu sei os aeroportos são administrados pela INFRAERO, que é um organismo governamental; se o Governo Federal permite, quem é que vai dizer o contrário? Quando se chega a Belo Horizonte no Aeroporto Tacredo Neves (CONFINS), dá-se de cara com um anúncio de uma casa de shows eróticos. Com tantas empresas enormes, a exemplo da FIAT e Ricardo Eletro, que são de Minas Gerais, é justamente um anúncio de prostíbulo que se destaca! Depois disso o Ministério do Turismo ainda tem a coragem de afirmar que está adotando ações para coibir este tipo de prática em solo brasileiro...

 

Eu mais do que outra pessoa acredito que a pessoa maior de idade faz de sua vida o que bem desejar, inclusive a prática da prostituição, seja para brasileiros ou estrangeiros; mas rotular o Brasil como um paraíso do turismo sexual é no mínimo uma redundância ignara. Um país onde a beleza natural e o clima poderiam contribuir para o acolhimento de turistas sérios do mundo inteiro, é justamente no sexo pago que há o maior rótulo poético, isso é uma vergonha!

 

Nossas mulheres são de fato umas das mais belas do planeta, por razões tão próprias que chamam a atenção de homens e até das próprias mulheres estrangeiras, mas estas razões não podem traduzir qualquer mulher brasileira como sendo prostitutas. No Brasil há prostituta tanto quanto em qualquer outro lugar do globo; como na Holanda, em que a questão do sexo e das drogas é banal; mas nem por isso eu irei rotular os holandeses como promíscuos ou drogados. Em Amsterdam há vitrines, literalmente, expondo mulheres seminuas em lojas de sexo...

 

Primeiro deveríamos coibir a proliferação de redes de exploração sexual; depois a justiça deveria cortar na própria carne e mandar prender os que comandam esquemas de prostituição infantil; somente depois disso feito é que deveríamos alertar aos que chegam, vindos de fora, que aqui é terra de mulher bonita sim, mas que nem todas são prostitutas e por isso posto; o desrespeito as nossas mulheres geram crime grave, punido com cadeia e posterior expulsão do Brasil. Entre a integridade moral e física de nosso povo e o dinheiro deles, eu prefiro a proteção de nosso povo, mas pelo visto, o Governo prefere o dinheiro!

 

Um povo que não sabe o significado do SURGIMENTO e não sabe oferecer o DESEMPENHO, com certeza não terão uma razoável COROAÇÃO e deixará após o OCASO apenas um legado de imundice, de repulsa e corrupção; esta pode ser a cara do seu Brasil, mas não é a cara do Brasil que eu desejo para mim e para meus filhos! Quem pensa que o turismo sexual gera emprego e renda para o Brasil, está completamente enganado; o turismo sexual gera a corrupção, o desmando e o crime e se você o pratica, contribui para isso!

 

 

Carlos Henrique Mascarenhas Pires

WWW.irregular.com.br

 

 



Comentários 1

Jairo

Sábado, 29 de Outubro de 2011, às 00:07
Amigo, pra começar dizer o que vos disse, é necessário as tuas palavras: "Lei existe para punir, mas o difícil é encontrar alguém disposta a fazê-la valer." Você, é um homem de coragem, de justiça com a ponto do social, do direito, e da defesa de várias imundícies que citastes acima. É uma pura realidade e vergonha, o que assistimos e aceitamos, em nossos portais turísticos e da Ética aplicada. Aonde estão elas; a Ética, a Justiça, os valores humanos e o respeito a vida digna, no Brasil? É o que vemos, essa triste face que descrevestes assim, para não ser pior do que se pensa... E faço como disse o poeta repentista, Rogério Menezes: " Isso é trsite demais, mas é a cara do povo brasileiro!" Meu prezado e corajoso, estas são as ditas que primeiro apoio e lhe defendo, com todas as letras! Um forte abraço e sejas forte, como sempre és em teus dizeres!



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites