Vídeo em Destaque

+ Mais videos

Enquete

LULA SERÁ PRESO?
Crônicas do Imperador
na Rede

BRASIL; UM PAIS DE TOLOS!

Sexta feira, 11 de Novembro de 2011
BRASIL; UM PAIS DE TOLOS!

No meu tempo de criança meus padrinhos, sempre que eu os visitavam, me davam presentes e moedas. Era importante a relação entre o afilhado e seus padrinhos. Havia também famílias que escolhiam vários padrinhos e não muito incomum, se observar uma criança com 4 ou 6 padrinhos diferentes; e o mais curioso é que a figura do padrinho geralmente era alguém influente, seja com Poder ou grana!

Na política não é diferente; a figura do padrinho e do afilhado sempre foram ícones muito fortes na cultura da politicagem desde a antiguidade; e desta relação é que nos chega a frase célebre: “quem tem padrinho não morre pagão”; exceto no início da colonização do Brasil, quando somente os criminosos e prostitutas vieram para cá para cumprirem pena, depois deles somente quem teve alguma vantagem aqui eram os afilhados da Coroa Portuguesa. De igual forma chegamos a república e nem o pai do povo, Lula, que tanto combatia esta prática nefasta antes de ser Presidente, conseguiu conter a voracidade e a fome por dinheiro dos abutres sociais. Ao contrário, foi depois de Lula que o Brasil deixou de ser um purgatório para se tornar um verdadeiro inferno.

Em mais de 500 anos o povão jamais havia visto alguém tão parecido com o próprio povo ocupando um cargo tão alto; Lula foi aquele que quebrou o maior dos paradigmas da política brasileira e com um rótulo de homem popular, trabalhador, honesto, simplório, analfabeto e humilde. A cara do Brasil finalmente conseguiu ocupar o Planalto e o que se viu depois dele foi uma crescente onda de popularidade conseguida a custa de muita corrupção, roubos, desvios de dinheiro público e muito favorecimento aos que lhe ajudaram na longa caminhada desde Pernambuco até Brasília.

Na Era Lula era um pecado mortal ser reconhecido como intelectual; o povo humilde e analfabeto; miserável por ideologia e nascimento, finalmente havia tido uma identificação com seu Governante; e o Governo, meramente sedento de permanência no Poder, ao custo que fosse possível, fez de tudo para que fosse perpetuado a figura do PADRINHO.

Já que ser lobista é crime, ninguém disse nada dos padrinhos. No caso do PT, ser padrinho é o mesmo que ter milhões de afilhados famintos; e para alimentar esta galera, somente dinheiro vivo; somente a grana dos cofres públicos podia satisfazer a fome desta gente. Os mecanismos de controle da União afirmam que em 08 anos de Governo Lula os padrinhos doaram aos seus afilhados R$ 40.000.000.000,00 de Reais ou o equivalente ao PIB da Bolívia.

Você faz alguma ideia do quanto significa R$ 40 bilhões de Reais? Dentre outras coisas, dá para poder comprar 1.900.000 carros populares; daria para se construir 800.000 casas populares para abrigar cerca de 2.400.000 pessoas. A ONU diz que no Brasil cerca de 30 milhões de pessoas não tem uma casa para morar; com o dinheiro da corrupção de Lula e do PT, cerca de 10% destes sem teto teriam uma casa. O projeto Trem Bala, que ainda não saiu do papel, dizem que custará R$ 34 bilhões e ligará Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas. É muito dinheiro e muita gente gozou desta montoeira de grana obtida do modo mais sujo que se possa imaginar.

Dizer que este ou aquele Governo também facilitou a corrupção é a mais pura e cristalina verdade, mas no Governo Lula a coisa saiu dos trilhos. Eu nunca vi tanta gente com vontade de roubar, tantos criminosos e tantos malandros ocupando os mais variados cargos políticos e se rotulando como sendo filiado ou aliado do PT. O pior de tudo é que a figura símbolo desta roubalheira, o próprio Presidente Lula, jamais mexeu uma palha para que isso pelo menos recebesse freios. O único Poder que jamais se descobriu alguém roubando e que fosse do PT, pelo menos até agora, foi o Judiciário, que também tem lá suas figuras, mas pelo menos não foram indicados “diretamente” por Lula!

Neste início de Governo Dilma, que infelizmente também é do PT, os ases da malandragem e da roubalheira começaram a cair como num jogo de dominó. Até gente que eu conheço relativamente bem e praticamente vivemos quase na mesma época e na mesma cidade, apareceu na televisão com um par de algemas sendo preso pela PF por corrupção.

Outro dia eu liguei a TV e peguei uma reportagem pela metade e vi um sujeito algemado sendo preso. Aquela cara era conhecida minha, mas eu preferi não acreditar, porque quem eu estava pensando até pouco tempo era Deputado Federal e o sujeito preso estava num ministério de Dilma. Corri na internet para saber mais e vi que sim, era ele, meu conhecido da Bahia, filho de um dos políticos mais ilustres que tive o prazer de conhecer; o preso por corrupção era o ex-deputado federal Colbert Martins da Silva Filho. Na minha cidade o chamávamos de Colberzinho; o filho do doutor Colbert Martins que tanto lutou contra a ditadura e provou ao seu povo que poderia viver sem as esmolas e armações de ACM. Foi o fim da picada para mim e naquele dia eu cheguei a uma conclusão: eu já não sei mais quem é quem neste jogo imundo!

Eu recebo muitos e-mails comentando que meus textos ácidos são corajosos, mas isso que eu publico em nada tem a ver com coragem, muito menos serve para tão somente esfregar na cara da história os nomes e fatos mais depravados que estou presenciando. Isso que alguns chamam de coragem, eu chamo de oportunidade. O Brasil de alguma forma necessita ter a plena ciência de que este modelo que pintam de um Brasil rico, de fato está servindo para enriquecer uma quadrilha que se esconde por trás de um partido político e que dá nojo, infelizmente, numa minoria.

Os caras enxergam lucro em tudo e pensam que somente porque estão no Poder, podem matar, roubar, humilhar e sacanear toda uma nação; e o pior de tudo é que os mais miseráveis riem, apoiam, votam e reelegem este tipo de político execrado; os mesmos que até pouco tempo eram coitadinhos que lutavam por um Brasil mais justo e com menos corrupção!

Eu moro em Belo Horizonte, com todo orgulho, dedicação, zelo e tento de fato ser um cidadão mineiro por adoção. Aqui nesta terra, Graças a Deus, o PT teve uma única experiência mais relevante, caso do Governo municipal do Fernando Pimentel, que não teve escândalos. Isso é uma exceção nacional e falo desta forma sem ao menos tê-lo conhecido, muito menos ter tido qualquer tipo de ajuda dele ou de seu Governo. Eu ainda acho que isso é uma luz no fim do túnel, mas estou cada dia mais descrente de que se ele tivesse uma oportunidade no Governo estadual que sua gestão seria igual a quando fora prefeito de BH.

Com esta história de copa do mundo, que eu sempre fui contra; principalmente depois do modelo falido da África do Sul, qualquer coisa é motivo de lucro, muito lucro. Lucro para pessoas físicas ligadas a grandes padrinhos políticos, porque o Governo somente paga as contas. Em Minas Gerais, especificamente em Belo Horizonte, há um belíssimo parque de exposições agropecuárias que fica relativamente pertinho de onde eu moro. Um lugar mágico e histórico que organiza e fomenta monumentais eventos tradicionais do agronegócio nacional. Este parque é conhecido por nós pelo nome de Bolívar de Andrade, com área de 98 mil m² e que está naquela área desde 1938, mas sua história remonta desde 1908.

Quem não conhece belo Horizonte não faz ideia do que seja o Parque da Gameleira; é um destes lugares quase encravado no centro de uma grande cidade, mas que finamente resgata os valores da cultura de um povo rural. É agradável, bem tratado e uma excepcional fonte de captação de recursos dos negócios do Estado.

Acreditem que já tem gente querendo demolir toda a estrutura deste parque para que no lugar seja ampliado o gigante Expominas; mas fontes do Governo dizem que não é nada disso; já se especula que no lugar do centenário monumento haverá hotéis para receber os visitantes da Copa do Mundo. É quase certeza que uma mudança desta irá derramar uma montanha de grana no bolso de muita gente apadrinhada e com certeza não será em meu bolso!

Eu fico tentado imaginar como tudo começa: alguém de olho em muita grana fácil e que é afilhado de algum político vicioso, olha para alguma coisa e logo tem uma ideia! Ele bate o olho e diz para si próprio que aquilo lhe dará muito lucro; mas somente depois de retirar alguém, comprar outros e pagar a um projetista político para colocar sua ideia no papel. Depois ele vai até Brasília, a cidade mais enodoada do Brasil, em todos os sentidos; busca fulano ou beltrano do PT, que com certeza são seus padrinhos e propõe: - depois de liberada a verba eu te passo “X”. A resposta do padrinho: - Negócio fechado! Depois se algo der errado e a imprensa ventilar alguma denúncia, basta desmentir e fazer cara de coitado diante da TV; de preferência dizendo que se trata de perseguição política e que ele quer que tudo seja investigado pela PF. Pronto! Está tudo certo e dificilmente o plano irá dar errado! Se funcionou para Lula, funciona para todos os seus amigos e aliados...

Tá na hora disso tudo começar a projetar um fim; de algum modo, já que através do voto não se resolve; alguém precisa começar uma operação de limpeza desta pocilga que todos conhecem como Congresso Nacional e Governo Federal, dentre outras instituições espalhadas por todo território nacional. Na atual circunstância não dá para se confiar em mais nada que é dito, muito menos em alguém que diga alguma coisa que vá de encontro aos efeitos da corrupção.

Eu confesso que temo pelo Brasil que meus filhos verão em breve; temo por suas seguranças; por suas integridades sociais e pela formação de seus costumes, acaso o PT permaneça promovendo este modelo de politicagem viciada como nos últimos anos. Não falo de retorno dos militares, muito menos de um linchamento público, mas que algo precisa ser feito, isso nós sabemos!

No meu tempo de criança o padrinho era um homem elegante e virtuoso, mas os padrinhos de hoje são completamente diferentes; eles falam errado, saíram de cadeias e ocuparam os cargos políticos mais desejados do Brasil; tudo isso para enriquecerem em detrimento de todos os miseráveis que os estão alimentando; os mesmos miseráveis que acreditam piamente que um Governo bom é aquele que lhes dão uma esmola, não em nome de Deus, mas em nome da perpetuação de um modelo político iminente devasso, vicioso, desmoralizado; e ao que se acredita, sempiterno...

40 bilhões de Reais é apenas aquilo que se sabe; mas se falarem algo deste tema com Lula, ele não saberá de nada...


Carlos Henrique Mascarenhas Pires



Comentários 0



Nossos Parceiros

© Copyright 2011 - Crônicas do Imperador. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento de sites